terça-feira, janeiro 23, 2007


Conjectura número tal

A verdade é que, de tudo o que não tem utilidade, talvez apenas de ti me seja difícil prescindir; ainda que saiba perfeitamente que te bastas, ou assim me parece e desejo.

E esse facto preocupa-me; digo, ter contacto apenas com o que utilitário, me permite viver com conforto.
Se a felicidade existe é coisa de grande inutilidade e desconforto; já uma conjectura ainda terá algum uso

... e explicação.

Sem comentários: